Focco/SE dá sequência à implementação da Estratégia de Combate à Fraude e à Corrupção

Blog Single .
O Fórum Permanente de Combate à Corrupção no Estado de Sergipe (Focco/SE) realizou mais uma reunião entre os membros que compõem o fórum, na manhã desta terça-feira, 29, no Tribunal de Contas do Estado de Sergipe, para dar prosseguimento à implantação da Estratégia de Combate à Fraude e à Corrupção, trabalho nacional organizado pelas Redes de Controle da Gestão Pública. “Esta Estratégia consiste no mapeamento dos mecanismos que as entidades possuem para a prevenção às ações de fraude e corrupção. Vamos mapear os mecanismos de integridade e prevenção à corrupção de todos os órgãos e entidades do estado nos níveis municipal, estadual e federal para ter um diagnóstico e mostrar para a sociedade como nossas organizações estão e a partir daí implementar ações que as tornem menos suscetíveis a estas ações de fraude”, explica o coordenador do Focco/SE e secretário do TCU em Sergipe, Jackson Souza. Neste primeiro momento, o Focco/SE está coletando informações sobre os responsáveis pelo controle interno e contabilidade dos municípios e entidades para receberem os questionários de avaliação dos instrumentos de integridade e governança. “É um questionário muito simples. São 49 questões que podem ser respondidas em menos de duas horas, mas que ficarão disponíveis por cerca de três meses para que as entidades possam a partir das respostas do formulário perceber se possuem ou não estes mecanismos de integridade que irão compor o mapeamento”, esclarece o coordenador. **Outros pontos **Na reunião, decidiu-se ainda elaborar um calendário de ações de educação para universitários, dividido entre eventos pontuais menores, por disciplina e turmas de diversas áreas de formação, além de um evento maior, envolvendo alunos de várias instituições de ensino. Discutiu-se também a organização de um evento, promovido pelo Focco/SE, alusivo ao Dia de Combate à Corrupção, celebrado dia 9 de dezembro. Além do coordenador do Focco/SE, estiveram presentes na reunião o procurador-geral do Ministério Público de Contas de Sergipe, João Augusto dos Anjos Bandeira de Mello, a promotora de Justiça, Ana Paula Machado, a diretora técnica do TCE/SE, Patrícia Verônica, e a representante da Secretaria de Estado da Transparência e Controle, Sheila Feitosa. **Focco/SE **Criado em 2015, o Fórum é formado por representantes dos Ministérios Públicos Federal, Estadual e Especial de Contas, Tribunais de Contas da União e do Estado, além da Controladoria-Geral da União e da Secretaria de Estado da Transparência e Controle, além da participação da Polícia Civil do Estado de Sergipe. As instituições atuam de forma integrada na busca de práticas uniformes para o diagnóstico, prevenção e repressão à corrupção.