Clóvis Barbosa profere palestra sobre papel dos TCs em evento com 2 mil vereadores

Clóvis Barbosa profere palestra sobre papel dos TCs em evento com 2 mil vereadores

O conselheiro Clóvis Barbosa de Melo, presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE/SE), proferiu palestra em Brasília, no dia 26 de abril, na XV Marcha dos Vereadores, diante de dois mil parlamentares de todo o país. Realizada no centro de eventos da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Comércio (CNTC), a ação visa debater temas que estão em evidência na atualidade.

Leia Mais
Ministério da Transparência promove oficina para implantação de Programas de Integridade

Ministério da Transparência promove oficina para implantação de Programas de Integridade

Nos dias 17 e 18 de abril, o Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU), no âmbito da Secretaria de Transparência e Prevenção da Corrupção (STPC), promoveu a 3ª Oficina para Implantação de Programas de Integridade no Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, em Brasília.

Leia Mais
Nota sobre "OPERAÇÃO INDENIZAR - SE" na ALESE

Nota sobre "OPERAÇÃO INDENIZAR - SE" na ALESE

A Promotoria de Justiça do Patrimônio Público da Capital, por meio dos Promotores de Justiça Jarbas Adelino S. Júnior, Bruno Melo Moura e Luciana Duarte Sobral instauraram Inquérito Civil para apurar possível desvio de verba indenizatória da ALESE nos mesmos moldes ocorridos na Câmara de Vereadores de Aracaju.

Leia Mais
MP e TCE montam força tarefa para combater a corrupção em Sergipe

MP e TCE montam força tarefa para combater a corrupção em Sergipe

O Ministério Público de Sergipe vem cumprindo o seu papel constitucional no combate à corrupção e, para isso, vem desenvolvendo medidas prévias contra os atos de improbidade administrativa e para a construção de uma sociedade mais justa.

Leia Mais
Tribunal condena gestores a devolverem mais de R$ 116 milhões

Tribunal condena gestores a devolverem mais de R$ 116 milhões

O Tribunal de Contas de Sergipe tem sido mais eficaz ao acompanhar o cumprimento de suas decisões, inclusive quanto à execução de multas e glosas aplicadas. Em 2016, foram oficiadas as procuradorias municipais, estadual e outras às quais os gestores públicos condenados se encontram vinculados para que se efetive a devida cobrança de glosas que somam R$ 73.275.398,61.

Leia Mais